Num daqueles momentos que todos conhecemos enquanto pai, disse para a minha filha:
– Já te disse 500 vezes…
A minha filha, que já percebeu como isto funciona há muito tempo, respondeu:
– Pois pai, aparentemente não está a funcionar pois não?

Provavelmente muitos pensarão que esta resposta não é a forma correta de uma filha de 10 anos responder ao pai. Para mim foi excelente!
Procuro melhorar todos os dias, nos vários aspectos da minha vida. Ter, em casa, alguém que me ajuda e me alerta quando não estou a seguir as minhas intenções, nem a obter os resultados que pretendo, é fantástico.

Primeiro as crianças e jovens sabem muito bem como as “coisas” funcionam, em segundo podem ajudar em todo este processo.
Pelo facto de estarem a ajudar também estão a participar, estão a aprender, a praticar… são parte do processo. Do meu processo de aprendizagem.
Gosto de contar com a ajuda dos meus filhos e acredito que desta forma também os estou a ajudar a crescer.

Artigos Relacionados

Onde nós, os pais, temos mais dificuldade

Onde nós, os pais, temos mais dificuldade

Pedimos desculpa, procuramos conexão, observamos e depois? Depois o que fazemos? Depois vem o ponto onde nós, os pais, temos mais dificuldade… Dizer o que sentimos. Entram em ação uma série de crenças, capas, máscaras e ideias que nos afastam (homens e pais) de dizer...

A última vez

A última vez

Existem coisas que acontecem pela última vez. Esses momentos acontecem todos os dias com os nossos filhos.E nós não conseguimos prever quando isso vai acontecer, pois não? Quando será a última vez que a tua filha te chama para a ajudares a tomar banho?Quando será a...

Pai, posso fazer uma pergunta?

Pai, posso fazer uma pergunta?

- Pai, quando os adultos dizem que aprendem connosco, crianças, como é que isso é possível? Os adultos já viveram muitos anos e já aprenderam muitas coisas, leram muitos livros, tiveram muito mais experiências, como é que nós podemos ensinar coisas aos adultos. Não...